Inscreva seu e-mail para receber atualizações!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Complexo eólico em Rio Grande será debatido em audiência pública


As dificuldades dos municípios que participam do Consórcio Rota do Yucumã, na região Noroeste do Estado, e a construção do complexo eólico da CEEE em Rio Grande, na Zona Sul, foram os dois requerimentos de audiências públicas aprovados hoje (17) na Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, presidida pelo deputado Adilson Troca (PSDB).

 Os requerimentos, solicitados por Adilson Troca, vão discutir em audiências na Assembleia o problema enfrentado pelos municípios participantes do Consórcio Rota do Yucumã, a partir da instalação do Empreendimento usina Foz do Chapecó, no Rio Uruguai; e a situação do complexo eólico da CEEE, em construção no Povo Novo, em Rio Grande. Também a Comissão de Assuntos Municipais, presidida pelo deputado Eduardo Loureiro, aprovou realização de audiência pública para tratar das dificuldades enfrentadas pela Rota do Yucumã. A paralisação da obra do complexo eólico em Rio Grande deverá reunir empresários e setor público, antecipou Troca, autor da proposição.

Troca recebe grupo de defesa da autonomia de profissões da saúde



O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Adilson Troca, recebeu nesta quarta-feira (17) representantes de diversas profissões da área da saúde que defendem sua autonomia. Eles pleiteiam a criação e uma Frente Parlamentar que aborde o tema.

Lauro Aguiar, vice-presidente do Conselho Regional e Educação Física, explica que o objetivo é impedir que haja qualquer ameaça às profissões da saúde, suas regulamentações ou livre exercício.    Em documento entregue, o grupo cita a necessidade do respeito, responsabilidade e segurança dos serviços prestados.

Representante do Canadá convida Legislativo para seminário de PPPs



            As Parcerias Público Privadas (PPP) são comuns no Canadá em diversas áreas como saúde, estradas, ferrovias e presídios. No Rio Grande do Sul o tema tem sido pautado, mas ainda não se concretizou. Na manhã desta quarta-feira (17), o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Adilson Troca, recebeu o representante do governo do Canadá na Região Sul do Brasil, Paulo Barnewitz Orlandi, que convida o Parlamento a conhecer a experiência do país no assunto.
            Conforme Orlandi, estão sendo realizadas visitas aos três Estados do Sul para convidar a participar do 24º Conferência P3, que será realizada no Canadá dias 14 e 15 de novembro de 2016. Para ele, trata-se de uma oportunidade de conhecer a experiência e o modelo de gestão de PPPs, bem como de atrair investimentos para o Brasil.
            O deputado Adilson Troca afirmou as PPPs são saídas estratégicas para o Rio Grande do Sul no momento de crise financeira. “O que vemos é que sozinho o Governo do Estado não consegue investir o necessário. As PPPs são boas alternativas para diversos setores”.

            Já o coordenador técnico da Frente Parlamentar de Portos Hidrovias e Poló Naval da AL (Própor), Jayme Ramis, lembrou que está prevista uma reunião de trabalho coordenada pelo deputado Adilson Troca sobre PPPs no setor naval e hidroviário. Ele advertiu a necessidade de formulação de um marco regulatório para que se possa avançar nas parcerias. 

Estudantes conhecem o Poder Legislativo




Os alunos da 5ª série da Escola Panemericana Porto Alegre estiveram na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (17) para aprenderem sobre o funcionamento e organização do Estado. O grupo foi recepcionado pelo presidente em exercício do Poder Legislativo, deputado Adilson Troca, e pelo deputado Marcel Van Hattem.
Os professores André Simões, Bibiana Rothfuchs e Tracy Anderson explicaram que a visita faz parte de um projeto em que os estudantes conhecerão o funcionamento dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

O deputado Adilson Troca deu boas vindas ao grupo e valorizou a importância de aproximar a população do processo de decisões políticas da sociedade. “Ficamos felizes de perceber o interesse no funcionamento da nossa Assembleia. Isso certamente contribui na formação da cidadania”. 

Legislativo recebe relatório de recomendações da Metroplan



Documento orienta sobre critérios de criação e expansão de regiões metropolitanas
               
                Em resposta a uma solicitação da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano (Metroplan), elaborou um estudo aprofundado para auxiliar no balizamento dos projetos de lei que versam sobre as Regiões Metropolitanas. O documento foi entregue nesta quarta-feira (17) ao presidente em Exercício do Legislativo, deputado Adilson Troca.
                O relatório permitirá a qualificação das atividades legislativas, agregando conteúdo técnico às discussões. “Agradecemos em nome de todo o Parlamento. Estamos constantemente buscando nos aprofundar nas discussões do interesse dos gaúchos e este estudo será fundamental na tomada de decisões estratégicas”, ressaltou Adilson Troca.
                O diretor superintendente da Metroplan, Pedro Bisch Neto, explicou que o texto resulta de cinco meses de analises. São apresentados conceitos históricos e legais da constituição das regiões já existentes, apontamentos de organismos federais e observações sobre as propostas de alteração da divisão regional do estado bem como suas consequências.               
                O Secretário de Planejamento, Mobilidade e Desenvolvimento Regional Cristiano Tatsch destacou a visão ampla que o estudo propicia. Nos últimos 40 anos o Brasil passou de 9 para 71 regiões metropolitanas, o que suscita dúvidas sobre os critérios adotados para sua delimitação.

                Acompanharam o ato o Diretor de gestão Territorial da Metroplan, Márcio Barcellos e o Subchefe parlamentar da casa Civil, Ademir Baretta.

Troca recebe vereadores de Araricá


               

Presidente em exercício da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Adilson Troca, recebeu na manhã desta quarta-feira (17) os vereadores Maximiliano Gomes da Silva e Gilberto Elsenbach, da cidade de Araricá. Eles solicitaram ao deputado apoio para pautas da saúde e segurança pública que o município está pleiteando.  

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Troca destaca trajetória da Faculdade de Medicina e Hospital Universitário do Rio Grande


O deputado Adilson Troca (PSDB) utilizou o Grande Expediente da sessão plenária desta terça-feira (16) para registrar os 50 anos da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande, e os 40 anos do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. Em apoio à UTI Neonatal, o deputado anunciou que a partir de amanhã estará buscando assinaturas dos deputados para encaminhar às autoridades federais em Brasília.
Da tribuna, o parlamentar rio-grandino contou a história da faculdade, que surgiu por meio da iniciativa de jovens médicos, no final dos anos 50 do século passado. O sonho começou a virar realidade em 1963, afirmou Adilson Troca, “a partir do ideal do doutor Newton Azevedo, compartilhado pelos médicos Lavieira Laurino, Miguel Riet Corrêa Júnior, Luiz Martins Falcão e Péricles Espíndola”, titulares da comissão indicada pela Sociedade de Medicina do Rio Grande para atuarem no processo de criação da faculdade. O grupo ganhou a adesão do engenheiro Francisco Martins Bastos, presidente da Fundação Cidade do Rio Grande. As histórias da medicina da cidade estão registradas no livro Memórias de um Psiquiatra Navegante, de Oswaldo de Paula Barbosa.

Complexo de saúde
Foi em 11 de março de 1966 que o Conselho Federal de Educação autorizou o funcionamento da Faculdade de Medicina, reconhecida em 1971, integrada à FURG nesse mesmo ano, registrando a formatura de sua primeira turma de médicos. Em meio século de funcionamento, a faculdade formou 45 turmas e aproximadamente 2.713 médicos. É uma das melhores escolas de medicina do país, conforme avaliação do Ministério da Educação, com ensino da Pós-Graduação nos Programas de Residência Médica e o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde – Mestrado e Doutorado, e, mais recente, o Mestrado em Saúde Pública. O vínculo com a comunidade é realizado através das ações de extensão para a educação, promoção da saúde e assistência à saúde das pessoas, destacou Adilson Troca.

O crescimento da Faculdade repercutiu na estrutura das enfermarias da Associação de Caridade Santa Casa de Rio Grande e postos de saúde do município, surgindo em 1966 o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr., dez anos mais tarde denominado Hospital de Ensino. Surgiu, então, o Campus da Saúde – Área Acadêmica Prof. Newton Azevedo. Uma década mais tarde, através de convênio entre a Universidade e a Associação Santa Casa do Rio Grande, foi concretizada a estruturação do Hospital de Ensino. Em 1986, o HE deu novo passo e surgiu o Hospital Materno Infantil Riego Sparvoli. Somente em 1991 portaria do MEC oficializou a instituição como Hospital Universitário, cujo prédio, que era propriedade da Santa Casa, em 1993 foi adquirido pela FURG. Dois anos depois passou a funcionar a Área Acadêmica junto ao HU, formando o Campus de Saúde da FURG no centro da cidade litorânea.

Referência regional
O parlamentar destacou as iniciativas da instituição, como o Hospital Amigo da Criança, com aleitamento materno, que resultou no recebimento do Diploma de Hospital Amigo da Criança por cumprir os dez passos para o sucesso do aleitamento materno definido pela Organização Mundial da Saúde, fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef e Ministério da Saúde. Ganhou reconhecimento em 2003 como unidade de referência para o atendimento de gestantes de alto risco. Com novos ambulatórios desde 2007 e a UTI Neonatal Professor Magno José Spadari desde 2009, o HU entrou em 2010 no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários, integrado ao SUS. Tornou-se referência em saúde na Zona Sul do Estado, ”comprometido com a melhoria da qualidade de vida da comunidade e região”, finalizou Troca.

Homenagem
Após o discurso, o deputado Adilson Troca entregou a Medalha da Legislatura a reitora da Furg, Professora Doutora Cleuza Maria Sobral Dias e placas comemorativas à diretora da faculdade de medicina, Professora Doutora Isabel Cristina de Oliveira Netto e à diretora do Hospital Universitário, Professora Doutora Helena Vaghetti.

Apartes
Os apartes foram feitos pelas deputadas Manuela d’Ávila (PCdoB) e Zilá Breitenbach (PSDB), e os deputados Ciro Simoni (PDT), Missionário Volei (PSC), Juvir Costella (PMDB), e Pedro Ruas (PSOL).




sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Parque Eólico do Povo Novo é tema de reunião na Secretária de minas e Energia


            O deputado estadual Adilson Troca e o vereador Flávio Vara Santos, estiveram reunidos nesta quinta-feira (11) com o Secretário Estadual de Minas e Energia Lucas Redecker para tratar da situação do complexo eólico da CEEE no Povo Novo. A retirada de equipamentos pela WEG, responsável pelo fornecimento de material ao parque, causou preocupação na comunidade.
            A Comissão de Economia,  Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, presidida por Troca, recebeu pedido assinado pelo vereador Flávio Santos da realização de uma audiência pública sobre o tema. “Viemos à secretaria buscar informações. A audiência pública vai aprofundar o debate para que possamos encontrar soluções. Todos ficaram surpresos com a decisão da retirada de material. Nosso objetivo é preservar os investimentos em Rio Grande”, afirma Adilson Troca
            Conforme informações apuradas, a CEEE não foi comunicada da decisão da WEG de retirar as pás do complexo. A equipe da Secretaria de Minas juntamente com a CEEE está buscando uma solução para financiar o valor pendente, sendo que a maior parte dos valores acordados já foram pagos para a empresa fornecedora.
            Troca e Flávio pediram atenção especial para a situação. Assim que for confirmada data da audiência pública todos os envolvidos na questão serão convidados. “Vemos que existe vontade de resolver o impasse por parte do Governo. A CEEE tem sido parceira de Rio Grande na qualificação de atendimentos, na questão da dívida da Santa Casa e tantas outras. Vamos tentar conciliar as possibilidades para chegar a um resultado positivo”, ressalta Adilson Troca.
            O Secretário adjunto, Arthur Lemos Jr, também participou da reunião.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...