Inscreva seu e-mail para receber atualizações!

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Informativo online

Já está disponível nosso novo informativo, onde o deputado Adilson Troca presta contas do trabalho desenvolvido e apresenta as ações que conduzirá neste mandato:

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Lei de Diretrizes Orçamentárias

Foto: Marcos Eifler
O deputado estadual Adilson Troca presidiu parte da reunião da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle em que foi aprovada a indicação do deputado Alexandre Postal para a relatoria da Lei de Diretrizes Orçamentárias. 
A LDO foi encaminhada ao Legislativo há uma semana pelo governador José Ivo Sartori, cumprindo o prazo que determina a Constituição do Estado para a entrega do documento aos deputados, que terão até o dia 15 de julho para discussão e aprovação da matéria. A LDO estabelece as metas e prioridades da administração pública estadual, sendo que no primeiro ano do mandato do governador, as metas e as prioridades para o exercício subsequente integrarão o Projeto de Lei do Plano Plurianual.
A LDO foi protocolada como Projeto de Lei (PL) 177 2015 e está disponível para consulta no sistema de proposições no site da AL.
A proposta do governo é manter as despesas de custeio e investimento em 2016. Na projeção de metas para 2016, 2017 e 2018, foram adotados os mesmos parâmetros de inflação e crescimento do PIB brasileiro apresentados pelo projeto de LDO da União. Quanto à expansão real do PIB estadual, a previsão anual foi de 1,3%, 1,9% e 2,4% para o triênio 2016-2018.
Haverá correção de 3% nas despesas de pessoal para todos os Poderes, além do Ministério Público e Defensoria Pública. A proposta contempla também as demandas regionais, com projetos definidos por consulta à população. O projeto atribui ao Grupo de Assessoramento Estadual (GAE) o gerenciamento da política de pessoal do Executivo.

Defensoria Pública



O deputado estadual Adilson Troca recebeu em seu gabinete, nesta quinta-feira (21) o Diretor Geral da Defensoria Pública, Flávio Fulginiti, e o Diretor financeiro, Hildebrando Pereira Neto. Eles discutiram questões relativas à Lei de Diretrizes Orçamentárias, que encontra-se em tramitação na Assembleia Legislativa.

A LDO estabelece as metas e prioridades da administração pública estadual, sendo que no primeiro ano do mandato do governador, as metas e as prioridades para o exercício subsequente integrarão o Projeto de Lei do Plano Plurianual.
O assessor André Palácio acompanhou a reunião.

Mobilidade Urbana Sustentável


O deputado estadual Adilson Troca participou da reunião em que a Comissão Especial da Mobilidade Urbana Sustentável,aprovou quatro requerimentos para realização de audiências públicas:
1) Assunto: Tratar da mobilidade urbana na Região Leste/Lomba do Pinheiro – em especial sobre a possibilidade de um estudo técnico acerca da extensão e abertura da Av. Ipiranga até a divisa com o Município de Viamão.
2) Assunto: Os desafios da mobilidade nos grandes centros urbanos
3) Assunto: A mobilidade urbana na construção de uma cidade sustentável
4) Assunto: Apresentar o diagnóstico do transporte coletivo por ônibus no Estado em 2014

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Fumicultura


Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável realizou reunião ordinária nesta manhã. Na próxima segunda acontece audiência em Canguçu, às 14h, sobre a fumicultura e comercialização do tabaco.

terça-feira, 19 de maio de 2015

Micro e Pequenas empresas


    Deputado Adilson Troca participa do ato do Sebrae e da Frente Parlamentar das Pequenas e Micro Empresas, proposta pelo deputado Tiago Simon. Troca preside a Comissão de Economia da Assembléia e é um dos grandes batalhadores e incentivadores das pequenas e Micro Empresas. A reunião tem por meta discutir e fomentar avanços para o setor. Foi lançado o anteprojeto de lei do Estatuto Estadual da Micro e Pequena Empresa do Rio Grande do Sul. 

Comissão de Economia discute alternativas para infraestrutura e logística da Serra


Confira mais fotos em www. 
A região da Serra Gaúcha tem um diagnóstico preciso de suas necessidades para continuar se desenvolvendo e gerando empregos: é preciso investir em novos modais de transporte. Em audiência pública da Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, na noite desta segunda-feira (18), em Caxias, as lideranças regionais foram unânimes em apontar a questão como o maior entrave enfrentado para o crescimento econômico. A reunião foi presidida pelo deputado estadual Adilson Troca (PSDB).
Três temas dominaram o debate: um novo aeroporto com capacidade de carga, a implantação do trem regional e a melhoria das estradas. ““São questões complexas, que exigem acompanhamento constante soma de esforços. A Comissão vai continuar trabalhado estas pautas. Foi uma reunião muito produtiva“, concluiu o presidente Adilson Troca. Ele informou que os pleitos apresentados durante a audiência serão encaminhados as autoridades competentes para que seja possível dar prosseguimento as discussões
O vereador Guila Sebben, de Caxias do Sul, explicou que propôs a audiência pública em virtude da falta de infraestrutura e logística adequada. Ele lembrou que a Serra é polo metal mecânico, de malhas e hortifrutigranjeiro, mas que os produtores enfrentam más condições para trazer matéria-prima e escoar sua produção. “O frete representa em alguns setores 18% do custo dos produtos colocados à disposição do consumidor”. Conforme ele, trata-se de uma questão estratégica para manter competitividade e gerar desenvolvimento e empregos.
Em complemento, o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Caxias do Sul, Francisco Spiandorello, ressaltou o interesse regional no debate da inclusão de novos modais de transporte. “Caxias é uma cidade de quase 500 mil habitantes, com 1,2 milhões de habitantes no entorno. Temos 60 mil empresas, 92% de micro e pequenas e outras de porte mundial. Nossas estradas tem hoje 300% de excedente em sua capacidade”. Spiandorello acrescentou que a infraestrutura consome 11,5% do PIB e defendeu a realização de Parcerias Público Privadas para superar os gargalos.
Apresentando a posição do Sindijojas, Sadi Donazzolo, corroborou a necessidade de implantação dos modais ferroviário e hidroviário, além de aeroporto com capacidade de carga para diminuir custos logísticos.
O deputado estadual Tiago Simom ressaltou a importância da Serra para a economia do Estado e a necessidade de garantir condições para o desenvolvimento.
Já o deputado estadual Sérgio Turra valorizou o diagnóstico da região sobre suas necessidades e ressaltou que o caminho para uma solução de Estado são as Parcerias Público Privadas.
FERROVIA
Sobre o modal ferroviário, o representante da Rumo ALL, Miguel Evangelista, disse que as ferrovias são fatores de desenvolvimento. Ele acrescentou que um dos grandes desafios é a intermodalidade e explicou que o modal rodoviário é eficiente em distâncias inferiores a 400km, que o ferroviário é indicado entre 400km e 1500km e que a partir daí a vantagem é do hidroviário. Evangelista apontou a necessidade de se pensar e agir de maneira planejada, com foco no futuro.
O Secretário de Desenvolvimento de Bento Gonçalves, Neri Mazochin, reforçou a necessidade de uma ferrovia regional e de um aeroporto de carga. Pela Câmara de Indústria e Comércio, Mauro Vencato, referiu que o transporte de aço, sozinho, é responsável pela movimentação de 1600 carretas por mês apenas nas rodovias e lamentou que a ferrovia foi abandonada há muitos anos atrás. Ele acentuou ainda a necessidade de incluir o transporte hidroviário no contexto da Serra.
CURVA DA MORTE
Representando a EGR, Rodrigo Santolin, afirmou que empresa é parceira e quer contribuir. Ele anunciou a contratação de um estudo para resolver a situação da “Curva da Morte”, na RS-122.
José Adamoli, presidente do Corede Serra, entregou uma pauta de reivindicações à comissão, contemplando diversas questões de interesse da região no âmbito da gestão pública, infraestrutura, saúde e outras áreas. Da Associação da Empresas de Pequeno Porte (Microempa), João Carlos Vigan, ressaltou que as dificuldades se tornam ainda maiores para os pequenos empresários, uma vez que os custos de produção são muito impactados pela logística.
O vereador de Caxias, Rafael Bueno, trouxe à audiência a questão da educação, solicitando apoio dos deputados para a instalação de um campus da UFRGS na cidade, com cursos focados no desenvolvimento regional.

O volume de impostos gerados por Caxias e região foi enfatizado pelo vereador caxiense Jaison Barbosa, que também cobrou mais investimentos na mais na cidade. 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Saúde Mental


O gabinete do deputado estadual Adilson Troca esteve presente na solenidade de lançamento da Política Estadual de Saúde Mental, nesta sexta-feira (15), no Hospital São Pedro. A unidade de saúde foi pioneira em diversas políticas públicas. Entre as medidas apresentadas estão a qualificação do atendimento e capacitação para ressocialização. O deputado Adilson Troca acompanha as questões de saúde mental há muitos anos, já tendo inclusive apresentado projeto de lei e proposto diversos debates sobre o tema. Ele foi representado pela assessora Caroline Zirbes Lages.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...